Not a Label

Olá, eu sou o Eduardo

e eu faço quadrinhos!

Acho que hoje, minha maior ocupação é essa mesmo: fazer umas histórias e desenhar. Mas eu faço um tanto de outras coisas também, por que, cê sabe, quadrinhos não pagam as contas...

Para fazer uma torta a partir do nada,

primeiro você precisa inventar o universo.

Venho passeando por essa bola redonda e azul desde 1983. Quer dizer, eu acredito que seja uma bola e não um prato, mas fica a vontade pra achar o que você quiser.

Sou natural de São Vicente, litoral de SP. Como muitos não conhecem a chamada “primeira cidade do Brasil”, eu explico melhor: São Vicente é a vizinha/irmã mais velha de Santos, que por sua vez é a cidade de onde saiu o Santos Futebol Clube (juro!), o Paulinho Vilhena e Charlie Brown Jr. (e isso eu não preciso explicar o que é).

Eu vivi durante uns 22 anos lá, até me formar em Publicidade e me mudar pro Rio Grande do Sul, atrás de frio e de uma gaúcha (uma específica, chamada Larissa). Em 2016, me mudei pra Campo Bom, uma cidadezinha que fica na região metropolitana de Porto Alegre e que atinge, todos os anos, recordes de “cidade mais quente do estado”.

Mas eu não posso reclamar, uma vez que eu não fico mais novo a cada ano e frio é coisa de gente jovem.

Já a gaúcha, tá bem. Temos dois cachorros e muitos livros.

Sobre quadrinhos e outras coisas.

Apesar de formado, eu nunca quis ser publicitário. Durante a faculdade, tive minha primeira experiência editorial quando, com um grupo de amigos, começamos a fazer um zine que teve uma boa distribuição pelas faculdades da região. Mas não eram histórias em quadrinhos.

Nesse tempo, eu também dava aulas de desenho para crianças em um centro comunitário do meu bairro, o que me manteve desenhando, mas não necessariamente fazendo quadrinhos.

Durante 10 anos trabalhei como designer em agências de publicidade. Sendo mais específico, web-designer-de-sites-de-sapatos, já que na região onde eu moro, tudo gira em torno de calçados.

Eu ainda não entendo nada de calçados, mas acredito que esses anos serviram pra desenvolver mais minha percepção de diagramação e layout de páginas, mesmo que inconscientemente.

Mas foi em 2016 que resolvi tentar mudar as coisas.

Saí da agência onde trabalhava e junto com a Larissa criamos a Casalegre Store, que é a nossa lojinha on-line home-decor feitas a mão (já que eu não consigo ficar fazendo uma coisa só) e a Epicdoo!, que nada mais é do que um logo pra deixar as capas dos quadrinhos bonitonas (e também, aparentemente, todos os endereços “eduardoribas” da internet estão ocupados).

Então, durante 2017, escrevi minha primeira história, juntei dinheiro e em Dezembro do mesmo ano, mandei “O Jogo Mais Difícil do Mundo” pra impressão.

E eu acho que tinha alguma droga na tinta da gráfica, porque depois disso, tudo mudou.

Hoje, divido meu tempo entre a Casalegre e a Epicdoo, andando entre feiras de rua, eventos geeks, serrotes, papéis, lixadeiras e nanquim.

BORA CONHECER OS TRABALHOS?
Eventos e Convenções

TENTANDO LEVAR UNS

QUADRINHOS POR ESSE MUNDÃO DE ODIN!

Santos Comic Expo
Santos / SP
05 e 06 - Out - 2019
Urbana Feira Gráfica - CCMQ
Porto Alegre / RS
15 - Set - 2019
ComicConRS
Canoas / RS
03 e 04 - Ago - 2019
Comic(con) Floripa
Florianópolis / SC
08 e 09 - Jun - 2019
Feira Gráfica Quadrúpede
Porto Alegre / RS
18 - Mai - 2019
Brique Na Estação - Edição Quadrinhos
Novo Hamburgo / RS
07 - Abr - 2019
CCXP
São Paulo / SP
06 a 09 - Dez - 2018
3ª NOA NOA – Feira Livre de Arte Impressa
Porto Alegre / RS
20 e 21 - Out - 2018
ComicConRS
Canoas / RS
04 e 05 - Ago - 2018